Alunos realizam ação solidária no Centro da Capital

 

No dia 10 de agosto é comemorado o Dia Mundial da Solidariedade Cristã, coincidentemente, os alunos do CAB, realizaram na última quarta, 9, a distribuição de cobertores e sopa no Centro de Aracaju. Essa ação, é desenvolvida pelo Projeto Vive Solidário, que busca incutir nos alunos os valores de responsabilidade, amor ao próximo, doação, gratidão e consciência do dever cristão.

Para o aluno Paulo Henrique, do 2º ano do Ensino Médio, que participou pela primeira vez da ação solidária, essa foi uma experiência bastante significativa. “ Nós reclamamos por muito pouco, temos tantas coisas e ainda somos insatisfeitos. Ver aquelas pessoas com tão poucos recursos e sendo gratas com o que levamos me fez refletir muito sobre essa questão”, revela Paulo.

De acordo com o capelão do CAB, Christian Almeida, os alunos que participam dessas ações ficam mais reflexivos sobre os problemas sociais. “Essa é a diferença da formação integral, que é voltada para todas as áreas da vida do educando, e não apenas para a preparação de uma prova. Nós preparamos nossos alunos tanto provas, que exigem o conhecimento científico, quanto para lidar com questões do dia a dia”, destaca Christian.

SOLIDARIEDADE

Formar cidadãos que valorizam a vida e prezam pelo amor ao próximo é um dos objetivos do CAB. E para isso, a escola investe em projetos que direcionem as atitudes dos alunos, fazendo com que eles coloquem em prática tudo que é ensinado na sala de aula, e isso inclui a assistência aos necessitados.

Júlia Duarte, que é aluna do 3º ano do Ensino Médio, diz que a escola abriu seus olhos para as questões sociais. “Estou mais conectada com Deus, e vejo como é importante sermos gratos. Há dois anos estudo aqui, e percebo que eu estou mudando. Hoje vejo a vida com outros olhos, consigo enxergar as necessidades das pessoas e entendo que eu tenho um pouquinho de responsabilidade, em ajudar aqueles que necessitam”, confessa.

Ela diz ainda que já participou de outras ações, mas dessa vez, o sentimento foi diferente. “Queremos fazer a diferença, estamos fazendo a nossa parte e a escola proporciona esses momentos de interação social e assistência aos mais necessitados. Tem muita gente que necessitada nas ruas, muita gente que tem tão pouco. Eu vejo que tenho que ser mais grata e compartilhar mais”, finaliza Júlia.

 

Acontece no CAB

Eventos, Palestras, Reuniões...

26/09/17
Comunicação multifocal é tema do 3º Encontro da Família
O Programa Parceiros da Escola, que é um dos projetos da Capelania do CAB, reuniu pais de alunos da Educação Infantil...
Leia mais
20/09/17
Festival de Gr: manhã marcada por emoção, leveza e muito brilho
O XII Festival de Ginástica Rítmica do Cab, que aconteceu no último sábado, dia 16, contou com a participação de...
Leia mais