Empreendedorismo: um estilo de vida

 

Com o objetivo de desenvolver nos alunos um estilo de vida empreendedor, o Colégio Americano Batista – CAB -, promoveu, no último sábado, a culminância do projeto Empreendedorismo: um estilo de vida. O evento que teve a participação de todos os alunos do Ensino Médio, durou uma semana e contou com ciclo de palestras, oficinas de Mapa dos Sonhos e dinâmicas com o coach Marlon Mello, que é especialista em orientação para vestibulares.

DSC02576

De acordo com a coordenadora do Ensino Médio, Profa. Fabiana Oliveira, o objetivo do projeto é orientar profissionalmente e desenvolver atitudes empreendedoras nos alunos. “Buscamos incentivar nossos alunos na prática do empreendedorismo, adotando o empreendedorismo como um estilo de vida. Não é esperar para desenvolver essas habilidades no final da vida acadêmica, mas estimulá-los a empreender a própria vida em todas as áreas, e isto inclui a vida acadêmica”, destaca Fabiana.

Durante a gincana, os alunos participaram de desafios online, com questões do Exame Nacional do Ensino Médio –  Enem -, de anos anteriores, apresentação de uma campanha de marketing, com vídeos preparados pelos próprios alunos, projeto empreendedor em pleno funcionamento, contagem da arrecadação de alimentos (que serão doados aos sertanejos), e apresentações artísticas.

NA PRÁTICA

Os projetos se dividiram em Intraempreendedorismo, Empreendedorismo Social (Saúde), Empreendedorismo Social (cidadania) e Empreendedorismo Internacional. No Intraempreendedorismo, os alunos do 3º ano desenvolveram um aplicativo de estudo gratuito, o Estude Aí, que contém banco de questões, assuntos separados por temas e séries, mapa de estudo, entre outros.

Já o empreendedorismo internacional, ficou com os alunos do 2º ano, que criaram uma loja virtual com a venda de produtos típicos do Nordeste como chapéu de palha, sandália de couro, roupas e outros itens característicos da região. A loja intitulada Oxe_Store, já possui endereço no Instagram e produtos à venda.

O 1º ano B, ficou com o empreendedorismo Social (Saúde), no qual os alunos elaboraram uma campanha educativa sobre os sentimentos, fixando cartazes na escola, caixinha do desabafo em locais estratégicos, além de sugerir a construção de uma Cabine do Desabafo, com dois espaços separados, um para quem vai desabafar, e outro para quem vai ouvir.

Já o 1º ano A, desenvolveu um projeto de educação, no qual uma ONG, denominada Associação de Jovens Empreendedores – AJE -, ofereceria gratuitamente educação artística, esportiva e tecnológicas para jovens de comunidades carentes. O objetivo deles foi criar uma rede de pessoas que transferissem seus conhecimentos gratuitamente, e com doações de instituições parceiras. A equipe multidisciplinar atuaria com jovens oferecendo perspectivas e conhecimentos práticos através de oficinais de designer gráfico, computação, produção áudio visual, fotografia e web design, promovendo capacitação desses jovens para o mercado de trabalho.

RESULTADOS

Para a Profa. e Diretora do CAB, Rose Marinho, que fez parte da mesa de avaliadores, as propostas apresentadas foram todas de alto nível e possíveis de se realizar. “Fiquei muito feliz com tudo que vi aqui hoje. Eles ainda estão no ambiente escolar e já enxergam o mundo de maneira tão responsável e comprometida. Esse é o resultado de tudo que se é trabalhado na escola. Poder ver que valores como trabalho em equipe, comprometimento, respeito, criatividade e responsabilidade estão sendo utilizados no cumprimento das tarefas e que eles vão levar tudo isso para a vida, é muito gratificante”, revela.

DSC02719

Maxwell Hofman, que é representante do Conselho de Jovens Empreendedores de Sergipe, e que também fez parte da mesa avaliadora, disse que houve uma dinâmica inteligente, moderna e social na aplicação dos projetos. “Todos os projetos apresentados seriam de real aplicação. Notei que houve uma visão das necessidades do Estado. E o CAB vem se mostrando muito preocupado com as questões sociais, vimos que todos os projetos tinham essa preocupação de servir à sociedade, e isso é fruto do trabalho da escola com os jovens”, destaca Maxwell.

CONVITE

Os projetos apresentados realmente chamaram atenção pela criatividade e possibilidade de execução. Tanto que os alunos do 3º ano, receberam um convite para apresentar aplicativo idealizado por eles, no Conselho de Jovens Empreendedores. “O aplicativo oferece todos os itens que buscamos em ideias inovadoras. Baixo custo, resultado imediato e que tenha valor social significativos. O ponto principal que analisei foi a percepção do mecanismo do aplicativo. Eles se preocuparam com o peso do aplicativo, dirigindo os usuários para outras plataformas. Aplicativos têm uma boa aceitação no mercado, e é uma necessidade latente dos jovens com novos métodos de estudo, além de tudo, e é gratuito.

Para a diretora do CAB, os resultados mostram que a escola tem cumprido o seu dever e está no caminho certo. “O CAB é uma escola que se destaca pelos projetos de cunho pedagógico e social. Essas ações têm o objetivo de preparar o aluno para a vida, e não apenas para o mercado de trabalho. Viver a vida de maneira empreendedora é colocar em prática todas as habilidades aprendidas ao longo da vida, e o 3º ano mostrou muito bem isso. É o último ano deles aqui, e eles demonstraram que estão preparados para novos desafios”, finaliza Rose.

Confira nossa Galeria de Fotos

Acontece no CAB

Eventos, Palestras, Reuniões...

11/08/17
Dia do Estudante é comemorado com atividades esportivas
  A coordenação Esportiva promoveu um dia diferente, marcado por atividades que integrem os alunos e promovam...
Leia mais
03/08/17
Alunos e professores expressam gratidão no Culto de Abertura do 2° Semestre
O início do período letivo é um recomeço para muitos alunos. Após um mês de descanso, é hora de retornar às...
Leia mais
13/07/17
Cab recebe equipe brasileira de GR
A quadra do CAB foi palco de um belíssimo espetáculo! As meninas da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica...
Leia mais