Cyberbullying e exposição midiática são temas de palestra no Cab

 

Compreendendo a importância de refletir, alertar e orientar os alunos sobre os perigos que envolvem o ambiente virtual, o Cab realizou uma palestra, na última quarta, 13, com a Delegada Rosane Freitas e o Investigador de Polícia Giovani Pina, ambos da Delegacia de Defraudações e Crimes Virtuais.

Os policiais alertaram sobre os riscos que os jovens correm com o excesso de compartilhamento de imagens e de sua rotina. Para a Delegada Rosane Freitas, a quantidade de informações que eles fornecem é preocupante. “Fotos que evidenciam o dia a dia da família, locais que frequentam e o interior da residência podem representar um risco quando uma pessoa mal-intencionada obtém essas informações”, explica a especialista.

Outro ponto abordado pelos policiais foi o Cyberbullying, que é a violência, através de ofensas e difamações no ambiente virtual, que cresce entre os jovens. A delegada falou sobre os males causados para a vítima e as consequências que o agressor tem que enfrentar. “Muitas pessoas acham que por se tratar de um ambiente virtual não há leis, mas a polícia combate e reprime esse tipo de crime. As palestras educativas também são maneiras de repressão e orientação”, alerta Rosana.

COMPARTILHAMENTO

O Investigador Geovani Pina, falou sobre o compartilhamento de fotos íntimas, muito comum entre os jovens. Ele disse que uma vez registrada e enviada, essa imagem fica arquivada na memória do aparelho e, é possível resgatá-la. “O mais aconselhável é evitar o registro, uma vez que há uma inviabilidade na destruição dessa imagem. Muitos jovens compartilham a imagem reservada confiando em amigos, e esses podem acabar partilhando com terceiros”, ressalta.

 

Ele disse ainda, que a polícia possui meios de identificar os perfis dos agressores e chegar até eles através de sistemas tecnológicos eficientes. “O jovem que sofre qualquer tipo de violência deve buscar ajuda. Mesmo em ambientes virtuais, os responsáveis serão penalizados e a vítima acolhida. É importante que a escola e a família também ajudem incentivando o jovem a denunciar”, orienta Giovani.

Além de dialogar sobre esse importante tema, também objetivamos com a palestra oferecer aos alunos informações seguras sobre os crimes cibernéticos e como eles são tratados no Brasil. Incluída na matéria de Interpretação de Texto, a palestra serviu de base para a produção de um relatório, valendo parte da nota, e muniu os alunos com um conhecimento mais amplo sobre o tema, que pode ser contemplado na redação do Enem. 

Acontece no CAB

Eventos, Palestras, Reuniões...

04/12/17
Tecnologia é tema do 4º Encontro da Família
  O Projeto Parceiros da Escola, em parceria com o Programa Escola da Inteligência, tem realizado encontros...
Leia mais